domingo, janeiro 11, 2009

Au au au, ia ió, miau miau miau, cocorocó!


Quem é do meu tempo ou até mais atrás um pouco lembra desse refrão de "Bicharia", música de grande sucesso, que tem como um de seus compositores o grande Chico Buarque - do LP (sim, LP!!!) dos "Saltimbancos"! Eita época boa de "Casa de Brinquedos", "Arca de Noé" e cia. Mas não é pra falar desse tempo nostálgico, de musicais de tirar o chapéu, que vim aqui hoje. Explico: a grande maioria frequentadora (sem trema! que pecado!) do "Mente Inquieta" sabe da minha paixão pelos animais, principalmente por cães. Pois então, venho por meio deste espaço falar da SUIPA - Sociedade União Internacional Protetora dos Animais. Pra quem não conhece, a SUIPA existe desde 27 de abril de 1943 e nunca recebeu qualquer tipo de ajuda do exterior ou de órgãos governamentais brasileiros. A entidade vem sendo mantida com a ajuda dos associados, que contribuem com mensalidades a partir de R$ 15,00. O local abriga mais de 15 mil animais que esperam por adoção. Fica aqui, então, o meu pedido: quem puder ou quiser ser amigo da SUIPA, pode entrar em www.suipa.org.br e obter mais informações sobre como se associar. E, antes de comprar um animal, lembre-se de que há muitos deles esperando por um lar, onde possam ganhar e dar muito carinho!! E lembre-se também da importância da castração, a forma mais eficaz de evitar o abandono e a superpopulação (tem hífen? essa nova ortografia tá me enlouquecendo!!). E, voltando ao início do post, se deu saudade daqueles tempos bons, de música de qualidade para crianças, não se acanhe: a maioria delas foi relançada em CD!! 

Para ilustrar, aqui está uma foto da minha linda Cuca - a labradora mais gente boa desse planeta! 

17 comentários:

Murilo Ribeiro disse...

Linda mesmo, Bella! E o nome é ótimo!!!
Bjão!

® ♫ The Brit ♪ ® disse...

Ela realmente e Linda Isabella!
e a SUIPA faz tanto trabalho boa!
eles tem uma galeria cheio dos caes otimos no site deles, incluido um com esses palavras:
Motivo do abandono na SUIPA: Casal se separou e nenhum quis ficar com a cadela.....
Que coisa muito triste e cruel...
Se eu não já tinha 3 caes eu pode adotar mais, mas eu sabe quando e melhor parar! rsrs
Bjs!

Suellen Analia disse...

A Cuca é linda, mesmo!
Lendo esse seu post, pude perceber que a sua infância foi bem diferente da minha! Só pela parte do LP... hahaha
Como as coisas mudam, embora eu ache que muitas delas não poderiam perder o valor. Enfim,...
Grande beijo!

Adriana disse...

ei! foi aniversário do meu afilhado ontem e sabe o que eu dei, hein, hein??
um CD da Arca de Noé!
Ficamos os dois dançando e cantando O Pato! estou colaborando para a educação das crianças do Brasil.
e dia 20 é niver da minha sogra e estamos conversando há dias sobre dar um au au pra ela. La da Suipa. Estamos muito sintonizadas!
beijo da Lua pra Cuca.

isabella saes disse...

Murilo, querido, temos que promover um encontro entre a Cuca e a sua fofucha. Como é mesmo o nome dela?

Brit, saber a hora de parar é muito importante. Não adianta nada adotar um monte de cães e depois não ter dinheiro nem disponibilidade para cuidar deles!!

Suellen, minha querida, vc é de outra geração. Quantas primaveras mesmo?? Mas é bom saber que essas coisas boas do meu tempo não morrerão jamais!!

Dri, que sintonia, hein?! Só falta agora vc me dizer que esmalte está usando essa semana. O meu é Gabriele...

Sergio Brandão disse...

Gostei da dica da "Adriana", no comentário aí de cima... Vou procurar este CD da Arca de Noé! Bjs.

Amanda Hora disse...

Oi Isabella!

A música do título do post eu até já escutei, mas ñ peguei mesmo a época dos LPs. Mas me lembro de quando eu era criança ter algumas fitas cassetes, tipo uma coletânea de músicas no estilo "O sapo ñ lava o pé,..." e etc. rs

A Cuca é muito fofa!

Bjss

isabella saes disse...

Procura sim, Serginho, é uma volta no tempo muito gostosa!!

Amanda, mesmo não tendo vivido essa época, vale a pena procurar os CD's e dar para os sobrinhos, afilhados e filhos, no futuro. Houve uma época em que se fazia música de muuuuita qualidade para crianças. E dei a sorte de ter vivido tudo isso. Beijos.

Amanda disse...

Isa, valeu pela dica... existem coisas que definitivamente ñ podem se perder no tempo, e essas músicas para criança são uma delas, que com certeza fazem parte de uma época bem legal! Bjoss

juca cavalcante disse...

Olá Isabella!
ótima dica sobre a SUIPA.Esta entidade tão importante na defesa dos animais, os quais eu gosto muito. Vou dar uma entradinha no site.
Eu tenho uma coleção de LPs. Vou dar uma olhadinha pra ver se tem algum ou alguns com temas infantis.
Muito legal esse seu post.
ABRAÇO!

juca cavalcante disse...

Ah! Que bom saber que você está trabalhando numa nova história.
Desejo o máximo de inspiração pra você.
Tchau!

Marco disse...

"O animal é tão bacana...Mas também não é nenhum banana..."
Eu fiz o Jumento numa representação dos Saltimbancos.
Querida, quando eu vi um cachorro na foto, achei que você fosse falar de churrasquitos de caninos que voc~e deve ter visto lá na China. Ufa!
Sua Cuca é lindinha.
E seu post absolutamente necessário. Eu amo bichos, se eu pudesse teria um cão, um hipopótamo e um golfinho. Vá lá. Um gato também. Acho que vou te dar uma força na divulgação da Suipa num próximo post do Antigas Ternuras.
Mas... E as séria série "Isa, a bela e Maridão no país de Fu Manchu"? Já acabou? No lo creo. Estou aguardando mais! Carpe Diem. Aproveite o dia e a vida.

isabella saes disse...

Juca, depois me conta o que vc achou no seu tesouro de LP's!!

Marco, eu não ia voltar a falar da China, mas vou pensar no seu caso... Hehehe! Beijos.

Amanda Hora disse...

Ahh, mas os posts sobre a China são tão legais... Se possível, faz só mais um, como despedida, pra gente desapegar do tema haha
Bjs

JUCA CAVALCANTE disse...

Olá Isabella!
Eu esqueci de dizer que sua labradora é realmente uma graça.
Eu vou dar uma garimpada nos discos e no próximo comentário eu te digo o que eu achei.
Você tá acompanhando o caso daquele menino de rua que foi separado de sua cachorra nessa operação chamada Choque de Ordem da prefeitura do Rio?
Bastante comovente.
UM ABRAÇO!

Carlos Henrique disse...

Retirava o disco da capa, passava uma flanelinha, colocava a bolacha no toca-discos e deixava descer a agulha suavemente sobre o longplay (LP). Existia um pincel para passar no disco e diminuir aqueles estalinhos, que cá entre nós, era um charme. Nada contra o CD e outras tecnologias, mas naquela época curtíamos até a mídia. Bons tempos aqueles do disco de vinil.

Abraços para todos!

® ♫ The Brit ♪ ® disse...

Oi Isabella!
Eu voltei para falar eu escreveu um post sobre meu "Baby Minnie" - irmã da "Bridget Jones" - tem algumas fotos dela la tb... passar la e ver ela! rsrs
Bjs querida amiga!