quinta-feira, outubro 27, 2005

Quem avisa, amigo é

Outro dia, ouvi de uma amiga cascuda no meio do jornalismo: "Você escolheu um caminho profissional muito árduo para seguir, onde vencer por mérito é quase impossível".

Well, well... Pensei nessa frase durante semanas e só me toquei que A.P havia sido muito franca e realista hoje, quando a mente inquieta entrou em erupção num quarto de hotel, na minha querida e agitada São Paulo.

Enquanto me arrumava para fazer uma entrevista com um dos fotógrafos de moda mais importantes do Brasil, liguei a TV. Às vezes faço isso: ligo a TV só para ficar ouvindo um barulho enquanto me apronto. É uma forma de não me sentir tão sozinha... Será? Pensei nisso agora. Pode ser... Pode não ser também, já que adoro ficar sozinha, no meu canto. Enfim, tomei banho, sequei as madeixas ruivas, fiz a maquiagem e enquanto tudo isso acontecia, realizei que, sem querer, deixei num canal onde passava o programa de um tal Leão Lobo. Fiquei tão irritada com aquele ser humano que troquei o canal. Quando, de repente, me aparece a Olga Bongio... Sei lá como se escreve o sobrenome dela. Uma Ana Maria Braga de outro canal. Mais abobrinhas. Troquei de novo: Monique Evans perguntava a Ivete Sangalo como era o novo namorado da cantora. Eu só queria presentear meus ouvidos com algo interessante e, naquele momento, não era do meu interesse ouvir as desgraças do mundo num noticiário qualquer. Amigos, sinto dizer, mas foi impossível! Tenho medo. Muito medo. Eram 8h45, horário em que crianças vêem TV e a programação é nada menos que bizarra!!!

Aí, volto a minha querida amiga A.P, aquela que me falou, sutilmente, para desistir. Será que está na hora de pular fora, de virar dona de pousada, de abrir uma loja de produtos naturais, uma academia de yoga?! Não sei... Ainda tenho esperanças, mesmo depois dessa avalanche de coisa ruim logo de manhã. Estou muito nova, apesar da proximidade dos 30, para desistir. Deixa isso pra mais tarde.

É isso, queridos leitores. Estava sumida, foragida, seja lá o que for... Mas, cá estou eu de volta. Fico por aqui, curtindo os ares da insone São Paulo e finalizo com a seguinte pérola: ontem, antes de tudo isso acontecer, quando cheguei exausta ao hotel, cometi o erro de ligar a TV, só para dar aquele soninho gostoso e adormecer. Parei no "Saia Justa", do GNT. Pensei: até que enfim, mulheres interessantes, com idéias inteligentes. Engano meu. Foram 3 ou 4 blocos seguidos sobre cabelos!!! Patético!!! Não deu. Apaguei as luzes e o resto vocês já sabem...

8 comentários:

re_bonora disse...

Bel..íssima, não desista! Por mais que o caminho seja árduo, que a gente tenha que ralar MUUUUIIITO, não desista. No final, como dizia o poeta, "tudo vale à pena se a alma não é pequena". E sua alma é grande! Infelizmente na TV o espaço para abobrinhas é maior do que para coisas interessantes, inteligentes e originais...mas há espaço, você há de encontrar o seu e brilhar...brilhar muito! Beijocas de se sua P.A.

Anônimo disse...

Desistir nunca, retroceder jamais...como diria charles bronson ou era o Van dame...sei lá!na verdade nem sei se era um deles e provavelmante a frase não era exatamente assim, porém, o quero dizer é: Sua inteligencia e transbordante brilho não são dignos de se jogar fora assim. Conheço uma figura, conhecida por estas bandas por CACO, o Sapo, que sempre diz: Se fosse fácil não tinha graça e se fosse fácil qualquer um faria!!! Para pessoas especiais como vc a trajetoria é sempre complicada pois os caminhos escolhidos são os mais corretos e dignos, e é isso que da mais gosto às vitórias e conquistas. Continue...seria uma pena não poder te ver por ai, ler seus pensamentos, ouvir esta voz de veludo, e aprender com vc.
Bjs. Caco, o Sapo

Marco Santos disse...

Minha cara Isa, a Bela...Que bom que você voltou a deslizar os dedinhos pelo teclado. Obrigado pela visita. O Antigas Ternuras sempre se ressente com a falta da madrinha. Sobre o seu texto, ô minha querida...Televisão, a máquina de fazer doido (ave Stanislaw!), é um eletrodoméstico para entretenimento. E pela manhã, TV é para criança ver desenho e dona de casa copiar receita.
Se você desiste, os "abóboras" vão conseguir mais espaço. Eles têm que dar um duro danado para ocupar terreno e precisam que pessoas inteligentes, com algo a dizer, saiam e deixem a vaga livre. Competir de igual para igual eles não conseguem. Resta ficar à espreita, esperando desistências. Relaxe. Respire fundo. Afivele seu sorriso sarcástico mais lindo e vá em frente. Embora seja contra o seu slogan, siga os conselhos de Walter Franco: "Tudo é uma questão de manter...a mente quieta...a espinha ereta...e o coração tranquilo..."
Beijo procê.

Carlos disse...

Hola! Que tal!
Estou gostando de ver... Vc está uma pessoa culta, viajada e muito inteligente. Ah, e não se estresse com os obstáculos da carreira, isso faz parte... é pra nos testar, nos fazer crescer e apimentar um pouco nossa vida. Gostei do mimetismo, acho que utilizo um pouco dele tb, temos que tentar curtir tudo que fazemos, mesmo que para isso tenhamos que fazer algumas adaptações. No futuro, isso tudo se tornará no mínimo fonte de algumas histórias e experiências engraçadas e interessantes pra contarmos pros netinhos. Pior seria se não tivéssemos nada pra contar ou pra ensinar. Pra ajudar a enfrentar a vida, lembro sempre do que escreveu o sábio ... sei lá quem... acho que N. Motta ou Veríssimo... eu sei que foi sábio: "Se o final não foi feliz, é porque ainda não acabou..."
Te desejo muita paz e muito sucesso!!
Bjo
Carlos

DJ disse...

Srta dona do blog,
não importa a qualidade do trabalho dos seus colegas de profissão. O importante é você se distanciar deles, de encontrar o seu canto aonde a comunicação não é necessáriamente sobre algo superficial. Alias, pode até abordar um assunto superficial, desde que tenha algum sentido, e isso voce faz muito bem.
Continue insatisfeita, nós aqui do outro lado dos veículos de comunicação também estamos. Já nem ligo a tv as 8h45 :)
Quem sabe no dia que voce estiver nela....

isabella saes disse...

Oi, Daniel! Por acaso vc é parente do Celso?

Obrigada pela visita. Estranhei um pouco vc ter comentado um post meu de 4 anos atrás. Curioso... Eu nem tinha feito 30. Agora já estou com 33 e penso de forma tão diferente!! Já estive na TV por bastante tempo, pena vc não ter podido me ver. Mas, agora estou no rádio e na tv, só que trabalhando com a voz. E, posso dizer, ando bem mais feliz!! Obrigada pela visita e seja sempre bem-vindo!! Viste os posts mais recentes em minhamenteinquieta.blogspot.com!! Abs!!!

DJ disse...

uau, rapida resposta...
Isabella Saes, eu confesso que não sei como fui parar no seu blog, e muito menos nesse post especificamente, mas ele me pareceu bem atual, acho que até hoje continuam discutindo sobre o namorado da Ivete Sangalo e as moças do Saia Justa, continuam falando bobagens, independente da sua formação.
Obrigado pela resposta e não sou parente do Celso... bom parente próximo não sou, um priminho distante, quase da sua idade :)

Agora vou ler os posts mais atuais do seu blog e procurar voce na minha tv.

isabella saes disse...

É que meu primeiro estágio foi na Denison, agência de publicidade do Celso Japiassu, em 1994. Por isso perguntei sobre o parentesco. Bom, se quiser acompanhar minha voz na tv, estou segundas e quintas, por volta das 20h, no programa Movie Box, do Telecine Premium (61). E todos os dias, de 17h às 19h, na Paradiso FM, 95,7. Abs!!