segunda-feira, junho 26, 2006

Extra! Extra!

Pára tudo! Pára o tratamento do Robinho na Alemanha, o derretimento das calotas polares e pára esse bonde que eu quero descer! Hoje, quase dei um beijo na boca de um técnico da prefeitura. Calma, eu explico: é que o cara chegou na sala onde trabalho, para localizar o foco das terríveis criaturas que tanto atormentam a mim e a meus coleguinhas: mosquitos de todos os tamanhos e cores, vindos das profundezas do poço do elevador!!! Ele parecia um daqueles ghostbusters e eu a mocinha indefesa do filme, dando todas as informações necessárias para que seu plano diabólico contra os maquiavélicos voadores funcionasse. Amigos, queridos 4 leitores assíduos do "Mente Inquieta", pode parecer besteira, mas voltei para casa com uma sensação única... Era como se eu fosse aquela atriz dos comercias dos "Perfumes de Vinólia". De repente fiquei forte, minha auto-estima disparou no gráfico e vi que problemas aparentemente sem solução podem ser resolvidos (será?) de uma hora para outra... Agora vai tudo voltando ao normal, aquele estado de êxtase já está melhorando e a vida continua. Hã? Eu, louca?! Pára esse bonde que eu quero descer já!!!

3 comentários:

Marco Santos disse...

Beeeem...Fico feliz por voc~e ter alcançado a insustentável leveza do ser. Eu ficaria esbravejando, pedindo providências, ameaçando o Cesar maia com a 11a. praga do Egito...
Mas você Isa, a Bela...é a própria Smurfette, em beleza graça e educação.
Beijo de um de seus 4 fantásticos.
P.S. - recomendações cinéfilas; "Pai, filhos e etc.", com Philippe Noiret, imperdível!
e
"Eu, você e todos nós".
Vai que eu agarântio.

Murilo Ribeiro disse...

Ih...será que essa cena se passou onde eu tô pensando???!!!
Se for, lamento o balde de água fria: os voadores continuam mais serelepes do que nunca!!!rs...
Bj, dedo-duro de mosquito!!!rs...

re_bonora disse...

Nossa...como é bom a gente se satisfazer com pouco, né? Um simples "mosquitobuster" é o suficiente para ganharmos o dia...Isso é maravilhoso!