domingo, março 16, 2008

Volúpia com Paixão

Teve uma noite péssima, mal pregou o olho e já estava no carro, dirigindo rumo ao consultório. Mais um dia "tarja preta" o esperava. Vida de psiquiatra, sabe como é ...

Ana (Subtexto: Mais uma visita a esse psiquiatra que mais parece o meu paciente): Bom dia, doutor!

Dr. Genésio (Subtexto: Lá vem a Clara, coitada. Não tem cura e fica me pagando a troco de nada...): Bom dia, Clara!

Ana (Subtexto: Ufa, o bafo de sempre!): Doutor, o senhor me chamou de quê?

Dr. Genésio (Merda, sempre troco o nome dela): Ana, claro!

Ana (Subtexto: Saaaaaco!): O senhor está bem? Que cara é essa?

Dr. Genésio: Não dormi bem, sabe. Edinalva, outra vez, com suas crises...

Ana (Subtexto: Lá vem... Mais uma sessão em que não vou conseguir falar nada...): Entendo. Chato isso de sua esposa, né, o senhor havia comentado que não tem cura...

Dr. Genésio: É, não tem. A última dela foi sair de casa dizendo que resolveria de uma vez por todas a crise entre China e Tibet. Foi direto a uma agência de viagens e comprou uma passagem para a Índia onde, em sua mente doentia, encontraria com Dalai Lama, para um chá das cinco. Sabe, Clara, quer dizer, Ana, eu não agüento mais. Está pesado demais. Já pensei até em suicídio.

Ana: Doutor, não, pelo amor que você tem a Krishna!

Dr. Genésio: Pois Krishna tem me deixado na mão, você nem queira saber...

Ana (Subtexto: Agora chega, tô pagando essa porcaria, ele vai ter que me ouvir): Eu sei, eu sei. Mas, então, doutor, como eu dizia na sessão passada, aquele grilo ainda continua dentro da minha cabeça. E ele percorre o meu sangue, doutor, com a determinação de um vampiro. E está mais para Dusseldorf do que pra Drácula! Daí você já pode imaginar a gravidade...

Dr. Genésio: Sabe, Clara, eu estive pensando em tirar umas férias. Viajar, sabe. Desligar um pouco dessa vida que me deixa louco, desse ambiente pesado... O que você acha?

Ana: Não sei, doutor. O senhor sabe que minhas últimas viagens têm sido de ácido e chá de cogumelo.

Dr. Genésio: Cogumelo... Paris seria uma boa pedida, não?!

Ana: Doutor, eu vou indo...

Dr. Genésio (Subtexto: Como é mesmo o nome dela? Lembrei!!): Ana Clara, você pintou as unhas de vermelho essa semana. É um bom sinal. Sinal de que a depressão lhe abandona aos poucos. Muito bem, filha. A cor?

Ana (Subtexto: Hein?): O que tem a cor, doutor?

Dr. Genésio: Que esmalte você tem nas unhas?

Ana (Subtexto: Era só o que me faltava...): Volúpia com Paixão. É a última moda!

Dr. Genésio (Subtexto: Hummm... O mesmo que Sharon Stone usava nas filmagens de "Atração Fatal"): Bom saber, querida. Bom saber.

Ana vai embora.

Dr. Genésio: Dona Marta, quer dizer, Clara. Ou seria Pâmela? Secretária, pode mandar entrar o próximo psiquiatra!

35 comentários:

® ♫ The Brit ♪ ® disse...

rsrsrs
Muito boa Isabella!
essa de "o mesmo que Sharon Stone usava nas filmagens de Atração Fatal" foi otimo! Ninguem merece um psiquiatra assim!
Beijos

isabella saes disse...

Na verdade, ninguém merece ir a um psiquiatra, né... Hehehe...

® ♫ The Brit ♪ ® disse...

That's very true! hehe

Anônimo disse...

Um conto urbanos dos nossos novos tempos insanos.

A fuga química da Ana remete a algo anos 70, Lumiar, dunas do barato em Ipanema...

Seria uma quarentona divorciada da zona sul?

E o tal dotôr? Coitado. Personalides múltiplas, frustrado profissionalmente.

Um mês no Santo Daime ajudaria.

Iztvàn.

isabella saes disse...

Iztván, seus comentários não têm preço. Vou contratar você como comentarista da "Hora do Blush"!! Hehe... Vai dar mais IBOPE que o Boris Casoy!!

OBS: Queria ser uma mosquinha para ver a experiência do tal doutor no Santo Daime!!!

Anônimo disse...

Peço a bença para meus padins Mainardi e Paulo Francis para fazer tais comentários.

Seria uma honra, mas o grande lance, a inovação do dial, que é o "Blush", são vocês duas. Danka!

Por falar nisso, adoro o Bóris! Meu sonho de consumo é assistir um programa com ele e o Boechat. Yhmh-Shalom meu pai Oxalá!

Mudando de assunto: o que te inspirou esse conto?

Iztvàn.

isabella saes disse...

O Boris está agora na concorrente, todos os dias às 17h20!!!

Quanto à inspiração, nada em especial me inspirou. Eu, na verdade, gosto de escrever sobre determinadas situações. E o consultório do psiquiatra é uma das minhas situações favoritas.

No blog, você encontra um outro texto da série "psiquiatras". Só não lembro em que mês e que ano...

Até!!

maker52 disse...

boa noite dona isabella, quanta sutileza!
isso traz boas recordações da minha amiga karine, com aqueles olhos azuis acesos, lindos, a gente se sentava na escada do curso em gramado e ela falava umas coisas pra mim ... (sprechen Sie Deutsche?)
-sabe o que o vidro disse pra vidra? não?!
-estou vidrada em vc! sabe o que o vidro respondeu? duvidro!
-sabe o que a peixa disse pro peixe? estou apeixonada por vc!
-sabe o que o peixe respondeu? então peixe-me! e ela tinhaa mil coisinhas como essa que a gente conversava todos os dias depois das aulas e agora escrevendo isso aqui é que fui me tocar, será que ela tava a fim de mim? gramado, lago negro, casa da juventude, essas recordações não tem preço. o que isso tem a ver com a sua história? na verdade é anti-sua historia, algo que não aconteceria se a gente tivesse boas recordações. realmente que "ninguém" merece um psiquiatra.
bj de miss!

isabella saes disse...

O que posso lhe dizer, Maker, é que recordações são tudo de bom nessa vida. Uma nostalgia só... Em Gramado, então... Imagino! Mas, essa história de psiquiatra é apenas fruto da minha imaginação e nada tem a ver com recordações de um negro passado. Ainda bem! Inté!!

isabella saes disse...

E já que essa sessão de "análise para ficar maluco" fez tanto sucesso, vamos à outra: http://minhamenteinquieta.blogspot.com/2007/07/no-consultrio.html

Anônimo disse...

RARARARARARARARARA!
Maravilhosa a história (07/2007).

Por quê não transformar estes textos numa montagem teatral?

O Michel (Melamed) já está com uma baita cara de maluco, serve de psiquiatra.

A outra doida pode ser a e-Luiza.

O mico pode ser um daqueles que são vendidos na Quinta. Assim pode-se afogá-lo sem aporrinhas do IBAMA.

Iztvàn.

PS: não estou puxando teu saco de grátis. Se um dia escrever algo que não concordo, ou ache uma bobagem, não tenha dúvidas...

Ana Kabareth disse...

Realmente, ninguém merece ir a um psiquiatra, mas se todos os consultórios fossem iguais ao que vc retratou, eu pagaria...pra morrer de rir!!!! Muito bom, aliás, genial, mesmo !!! Já pensou em fazer esquetes humorísticos? Sabe como é...a terapia do riso é fundamental nos dias de hoje...rsrsrs.
Ah, muito obrigada pelo seu comentário...de fato, me divirto muito com vc e tb com os comentários de todas as 'figuras' interessantíssimas que estão sempre aqui no blog. Afinal os posts e comentários são sempre divertidos, inteligentes e de bem com a vida! O que mais posso querer? Agora...quanto a mim, rs, sou apenas mais uma louquinha no meio de muitos pseudo-normais...kkkkkkkkkk. Bom, pode ser até engraçado, mas não deixa de ter a sua lógica...rs.
Ah, o programa continua 'bombando' como sempre. Saudações para a 'partner' Luiza Sarmento. Vocês estão de parabéns.
Agora vou ler o outro post que você relacionou. Até a próxima.
Bjos, Ana.

Ana Kabareth disse...

SOBRE O POST DO DR. GERÚNDIO:
Gente!!!! O que foi aquilo?!?!?!?!Eu sei que tem gente que adora afogar o ganso...rsrs. Agora afogar o mico? Num prato de leite? Assistindo "Law and Order"? Ah, merece entrar para o meu 'Surreal Guinness Book'.
No que a tal da Clara estaria pensando no momento?Se é que ela pensa,né? Porque essa é a dúvida que não quer calar...rs. Mas quem mais se deu bem nessa história foi o próprio mico!!!! Porque essa morte até que foi bastante conveniente...porque, pensa bem...ninguém merece uma dona doida e que ainda por cima trabalha para um maluco como o tal do DR. Gerúndio...eu, hein!!!!
Mas, aí, Belinha...muito bom mesmo. Parabéns!

isabella saes disse...

Ana, você é uma figura! Afogar o ganso... Eu não tinha pensando nisso!!! Hahaha... Adorei! Que bom que se divertiu!!! Volte sempre que quiser!!

István, nem passou pela minha cabeça que você puxaria o meu saco. Pra quê??? E eu tenho certeza de que, se um dia você não concordar com o que escrevi, você vai e deve botar a boca no trombone!!! Hehehe... Quanto à montagem teatral, já estou começando a escalar os atores, que não são o Michel nem a Luiza, apesar de adorar o trabalho deles. Quero pessoas que a mídia ainda não conhece... Já tenho os dois nomes, aliás. Mas, ainda preciso fazer volume de texto. Tô no caminho... Na estréia, te aviso, claro!! Inté!!

Marco disse...

Isa, a Bela, esse teu texto nos mostra o quão loucos de pedra andamos, não é? Imagino o quanto de analista por aí seja mais doidão que os pacientes. Esse participante do Big Brother, por exemplo. Será que alguém sério se proporia a entregar a cabecinha para um tresloucado desses?
Mudando de assunto: sobre os aniversários de nossos blogs, um leitor do meu agradeceu a você por ter sido a responsável direta da existência do Antigas Ternuras. Disse que vocera a "mãe" dele. Acho que vou te chamar de "mainha" de agora em diante. Carpe Diem. Aproveite o dia e a vida.

isabella saes disse...

Ô, meu filhote querido, me chame sim de mainha! Hehe... Quanto ao Marcelo, do BBB, jamais entregaria minha mente inquieta nas mãos dele. "Dermelivre"!!! Grande beijo pra ti.

® ♫ The Brit ♪ ® disse...

Oi Isabella :)
Se vc preciso um Gringo por qualquer montagem teatral e tal... to aqui!
e com meu Portugues "tipo de Tarzan" eu vai ficar perfeito para "Uga-Uga 2"!! hahaha!
Beijos

maker52 disse...

ainda bem, que é fruto da sua imaginação dona isabella, no inicio eu escrevi quanta sutileza, andou lendo veríssimo? mas acabei deletando o veríssimo,justamente pelo exercício, pela perspicácia.
minha amiga jandira me mandou email pedindo pra repassar,
se vc quiser repassar não custa nada verificar a fonte pois sua responsabilidde é bem maior que a minha. bj.
DIVULGUE SE PUDER. OBRIGADA. ISTO DEVE SE TRANSFORMAR EM UMA CORRENTE.
Cirurgias gratuitas- UFRJ.
Michelle Lima (21) 2223-0290 , Coordenadora de Projetos.

Eu estou coordenando pessoalmente este projeto, e qualquer dúvida podem entrar em contato comigo.
O Centro Nacional de Estudos e Projetos - CNEP, juntamente com a ONG TAMIM, estará cadastrando crianças de 0 a 12 anos de idade, comprovadamente de baixa renda, moradoras de QUALQUER município do
estado do Rio de Janeiro, portadoras de deformidades inestéticas diversas
(lábio leporino, fenda palatina, cicatrizes, seqüelas de queimaduras,
seqüelas de violência, síndromes e outras), durante a Ação
Global, para receberem cirurgias corretivas GRATUITAMENTE.
O cadastro servirá para encaminhar as crianças às etapas de Triagem do
Projeto Uma Vida a Cada Dia - Cirurgias Reparadoras em Crianças. Se você
conhece alguma criança nas condições descritas acima, ajude-a, indicando este serviço ao seu responsável ou a alguém próximo. Pratique você também
a sua ação de Responsabilidade Social! Este projeto já beneficiou mais de cento e vinte crianças, através de quase duzentas cirurgias.
Para saber mais sobre o CNEP e o projeto "Uma Vida a Cada Dia - Cirurgias Reparadoras", acesse o site:
http://www.cnep.org.brEsta< http://www.cnep.org.bresta/>mensagem foi enviada por Chris @. Para ver o perfil de Chris, clique

em: http://www.orkut.com/Profile.aspx?uid=16448867559456526983

Jean disse...

Hi Isabella! I had so much fun reading this post of yours! What amess this psychiatrist was!!! Multiple personalities is just too god for him! And as The Brit said, the way you compared the colour of Ana, the patient, with Sharon Stone's in "Atracción fatal"... amazing!!!!
The worst of all is that professionals like HIM exist!!!!
By the way, did you have your chart made in teh end? Hugs!!

Anônimo disse...

Off-topic.

Oi Bella.

Amanhã, para a véspera de feriadão, envio umaa sugestões para as pessoas que infelizmente vão passar umas horinhas nos engarrafamento estressantes:

1 - Hora do Blush, para desopilar o fígado e saber os melhores caminhos pra chegar aos destinos numa nice (pena que acaba às 19...);

2 - levar um baralhinho ou um dominó, pra jogar com a família, ou até melhor, com os motoristas que também vão ficar presos nas rodovias. Quem sabe não nascem novas amizades? Um som bacana no carro tabém vai bem, obrigado.

3 - Beber, só lá no destino e com muuuuita moderação. Magina o povo estar breaco, sem poder curtir a serra, a praia ou, principalmente a família e/ou os amigos?

4 - Pessach / Páscoa é uma passagem, mudar de uma situação às vezes não muito legal para uma nova, melhor, produtiva, alegre.

Bom feriado para as meninas do blush.

Iztvàn

PS: Pergunta pra essa moça aí do lado quando que ela volta pra telinha, por favor.

isabella saes disse...

Maker, vou checar a fonte (não que eu não acredite em você mas, como você mesmo disse, é bom que eu cheque as informações... Obrigada!

Jean, i had made my chart!! It was very encouraging!!! And my goals are still written on that hidden paper!!! Hahaha!!! Hugs for you 2!

Gostei das dicas, Iztvàn!!

Juliana disse...

Sou psicóloga e fiquei pensando: será possível uma consulta assim?????? Existe algum psi desse "gambarito"??????

Muitas interrogações para me manter na dúvida... Melhor assim!

isabella saes disse...

Juliana, obrigada pela sua visita! Mas, veja bem, isso é fruto da minha imaginação, é literatura, não tem nenhum compromisso com a realidade... Você viu Juno? É a mesma coisa. O filme é uma graça. Mas que adolescente fica grávida tão bem resolvida assim e ainda tem pais com a cabeça tão aberta? A graça do cinema e da literatura é que eles são, como eu adoro dizer, a melhor forma de libertação! Volte sempre!!

maker52 disse...

Volupia e paixão são duas palavras suculentas, por isso estou mandando dois ovinhos virtuais, um pra vc e um pra dona luiza, o seu é o da fitinha rosa. Espero que saboreie virtualmente, tem um recheio surpresa! O da dona luiza é o de fitinha amarela, claro, é de chocolate branco com cereja, uma delicia. Como são virtuais eu poderia até mandar mais de um mas sabe como são os virginianos, nada de exageros, pro pessoal dos bastidores segue essa caixinha de bombom, apesar de pequena por fora é enorme por dentro e tem bombom pra todo mundo, vcs podem partilhar com os ouvintes tb, acho que a grande palavra desse século é partilhar, lembrando que esse é um momento de energias positivas reflita e medite, estamos torcendo para que essa onda seja sintonizada cada vez mais. Um excelente momento de Páscoa pra vcs, não vão exagerar no chocalate. bjs!

maria disse...

q delícias de textos. encontrei vc lá no blgo de luiza querida!

q bom.
vai entrar pors favoritos.

acabo de entrar nesse mundo blog e agurdo tua visita tb.
té.

www.quemsouessa.zip.net

maker52 disse...

aí dona isabella, clara?! luiza?!
De aorcdo com uma peqsiusa
de uma uinrvesriddae ignlsea,
não ipomtra em qaul odrem as
Lteras de uma plravaa etãso,
a úncia csioa iprotmatne é que
a piremria e útmlia Lteras etejasm
no lgaur crteo. O rseto pdoe ser
uma bçguana ttaol, que vcoê
anida pdoe ler sem pobrlmea.

Itso é poqrue nós não lmeos
cdaa Ltera isladoa, mas a plravaa
cmoo um tdoo.

Sohw de bloa.

Fixe seus olhos no texto abaixo e deixe que a sua mente leia corretamente o que está escrito.

35T3 P3QU3N0 T3XTO 53RV3 4P3N45 P4R4 M05TR4R COMO NO554 C4B3Ç4 CONS3GU3
F4Z3R CO1545 1MPR3551ON4NT35!
R3P4R3 N155O!
NO COM3ÇO 35T4V4 M310 COMPL1C4DO, M45 N3ST4 L1NH4 SU4 M3NT3 V41
D3C1FR4NDO O CÓD1GO QU453 4UTOM4T1C4M3NT3, S3M PR3C1S4R P3N54R MU1TO,
C3RTO?
POD3 F1C4R B3M ORGULHO5O D155O!
SU4 C4P4C1D4D3 M3R3C3!
P4R4BÉN5!

Marco disse...

Mainha,
Vim te desejar Boa Páscoa. Pra Sonia e Vera Regina também. Muito chocolate e carinhos. Carpe Diem.

isabella saes disse...

Oi, Maria! Seja sempre bem-vinda!! E pode deixar que vou dar uma espiada no seu blog!! Bj, Isabella.

Maker, já conhecia essa história. Incrível mesmo como conseguimos ler tudo trocado!!

Marco, querido!! Uma ótima Páscoa pra vc tb!! Beijos.

® ♫ The Brit ♪ ® disse...

Boa noite Isabella!
Tudo bem? espero vc tinha um pascoa otimo e com um monte de chocolate!
e incrivel mesmo essa texto trocado, ainda eu consegui ler tudo!
Beijos

Anônimo disse...

Off-Topic...

Estou adorando vocês insistirem lá no HB pela gentileza total e irrestrita.

Dia desses a e-Luíza falou que o povo de SP é menos irritado com o trânsito de lá. Conformismo? Como saber...

Quer dizer então que o singular 'carioca way of life' está se perdendo? O bom humor característico, a afabilidade, o alto astral estão acabando?

O saudável inconformismo que ditava a cultura Brasil afora perdeu espaço para o pior que
temos dentro de nós.

Gentileza neles e em nós também!

Iztvàn

Marco disse...

Oi, Isa, a Bela. tem presente procê no Antigas ternuras. Carpe Diem.

maker disse...

já viu?
http://www.novaamerica.com.br/eventos/gentileza.php
coisas boas acontecem quando sintonizamos a mesma onda, que seja uma positiva! maravilhoso o que vcs estão fazendo bj pras duas!

maria disse...

rsrs. ai ai...
a loucura questionável!!!

bjs
té!

www.quemsouessa.zip.net

Kalaari disse...

Oi Maker,
Estou a contactar consigo através deste blogue da Isabella. De qualquer forma, não conseguiu dar com os discursos de que você falou.
Esclareça-me melhor. Mas agradeço-lhe ter-me dado oportunidade de conhecer este blogue que é bem interessante. Parabéns, Isabella. Se tiver oportunidade, visitem o meu, http://infinito-kalahari.blogspot.com e deixem o vosso comentário. É importante para mim.
Para si, amigo Maker, aquele abraço especial. Outro para si, Isabella.
Vera Lucia

isabella saes disse...

Oi, Vera! Seja bem-vinda por aqui e obrigada pela sua visita!!