domingo, maio 14, 2006

Tolerância

A chama vira cera, a madeira cinza, o incenso pó... E tudo o que ela quer é acordar e mudar o mundo.

Ela quer...

Virar Buda.
Virar Madre Tereza.
Virara Dalai Lama.
Virar Jesus Cristo.
Virar Cleópatra.
Virar Midas.

Ao acordar, percebe que não é capaz de mudar o mundo e que abraçá-lo pode ser ruim. Perecebe que, se virar tudo isso de uma só vez, atrapalha. E percebe que o remédio para as suas principais inquietudes chama-se TOLERÂNCIA.

3 comentários:

re_bonora disse...

Tolerancia, paciencia, humildade. Mas se não podemos virar tudo o que queremos, podemos ao menos tentar e buscar de tudo (de bom) um pouco e, à nossa maneira, ser um pouco Buda, Madre Tereza, Jesus Cristo, Midas, Cleopatra, etc.

Anônimo disse...

faltou mencionar Inteligencia, que lhe está sobrando.
Dammm you are good.
Troco todos estes por vc a qualquer momento.
bj.
Cako

Marco Santos disse...

Haja tolerância! Esse país virou uma casa de tolerância! É só abrir os jornais para ver no que viramos. Paciência, meu Deus, dai-nos e tenha o Senhor mesmo!
Beijo, querida.