segunda-feira, outubro 15, 2007

Qualquer semelhança é mera coincidência...

"O Don Juan do conhecimento... Ele não ama as coisas que conhece, mas tem espírito e apetite para a caça e as intrigas do conhecimento - até que afinal não resta para ele nada de conhecimento para caçar exceto o absolutamente pernicioso; ele é como o bêbado que acaba bebendo absinto e aqua fortis. Assim, no final ele deseja o Inferno - é o último conhecimento que o seduz. E esse também se revela uma desilusão, como todo conhecimento!... pois todo o universo não tem mais nem uma simples migalha para dar a este homem faminto."

É, Friedrich Nietzsche parece ter antecipado nossas angústias pós-modernas... Mas, como o título desse post diz: qualquer semelhança é mera coincidência... Ou não?

2 comentários:

Murilo Ribeiro disse...

Como diz aquela personagem da TV, "prefiro não comentar"...
Agora, cá pra nós, a música com a baianinha ficou bonitinha sim, viu?rs...
Bjão, moça!

Marco disse...

E não é que é mesmo?...
Carpe Diem. Aproveite o dia e a vida.