quarta-feira, julho 16, 2008

Ossos do Ofício

Outro dia recebi um e-mail de protesto de um ouvinte em relação à uma determinada abertura de um dos programas da semana passada (Pra quem não sabe, apresento um programa de rádio, na Paradiso FM, 95,7, chamado "Hora do Blush"). Abri falando do céu azul que o Rio exibia naquela tarde, passando uma mensagem de otimismo ao carioca. E o ouvinte, indignado, dizia que a abertura havia sido alienada: "Como uma pessoa pode falar das belezas do Rio diante de tanta barbárie?", ele perguntava. Pois é, é difícil mesmo. Não é nada fácil sentar naquela bancada e cumprir o objetivo do "Hora do Blush", que é dizer palavras de incentivo, relaxar um pouco o carioca num momento em que ele está mais do que estressado. Porque ele, assim como eu, acordou, leu os jornais, saiu pra trabalhar e não aguenta mais ser massacrado pelas mazelas da cidade. Não é nada fácil falar em boas energias, bom-humor quando diante do seu nariz soltam empresários sujos, a polícia mata inocentes, os carros fazem o que querem nas ruas da cidade sob o olhar relaxado das autoridades e por aí vai. Aliás, onde estão as verdadeiras autoridades? No Brasil, elas parecem não existir... O fato é que de alienada não tenho absolutamente nada. E pago um preço alto por isso. Seria mais fácil não me informar e viver no país das maravilhas. Aliás, eu vivo. Mas as maravilhas só acontecem para aqueles que sentam nas cadeiras do congresso e roubam, roubam, roubam sem parar. E nós, cidadãos honestos, em dia com nossos impostos... Não preciso nem completar a frase, né?! Enfim, mesmo diante de tudo isso, continua sendo um prazer apresentar esse programa que, para muitos, funciona como um elixir de coisas boas. Pra mim também é. E quanto às dificuldades, elas fazem parte. Quem não tem as suas? São os ossos do ofício. Ossos do ofício de ser carioca.

26 comentários:

Nando disse...

Isabella,
Obrigado pelas suas palavras diárias de incentivo e otimismo.

Mesmo não acompanhando sempre o seu programa, às vezes me sinto compelido a sintonizar na Hora do blush só pra me sentir melhor e relaxar um pouco.

Não é fácil encontrar notícias leves e boas hoje em dia, ou ter uma conversa bem descontraída com alguém sem que se toque em temas pesados e tristes que inundam a mídia. É muito bom ter pessoas lembrando a gente do lado bom da vida em tempos difíceis.

De vez em quando a gente precisa mesmo ser lembrado que apesar de todo o mal que as pessoas podem causar, o céu ainda é azul. Se as pessoas esquecem disso, elas acabam desistindo e tudo continua na mesma.

É como se no meio de um duro dia de trabalho, lidando com gente nervosa, impaciente e rabugenta, a gente se deparasse com um belo sorriso e a esperança de um novo dia.

Murilo Ribeiro disse...

Diz pro seu ouvinte, cansado de tanta merda espalhada em tantos ventiladores e respingando em todos nós o tempo todo, que lá, no programa, você está apenas exercitando a arte de fazer sorrir. A mesma que te serviu de inspiração pro post anterior...
Bjão, Bella!

isabella saes disse...

Oi, Nando! Bom saber que a nossa missão é cumprida para ouvintes gentis como você. Como vc disse muito bem, precisamos SIM lembrar que o céu ainda é azul - e o mais azul. Saiu uma pesquisa há um tempo que revelou que o Rio tem o céu mais azul do mundo!!! Então, vamos admirá-lo!!!

isabella saes disse...

Murilo, querido!!! Não conheço ninguém que exercite melhor a arte de fazer sorrir do que vc!!! Beijosss.

® ♫ The Brit ♪ ® disse...

Oi Isabella! :)
Vc e certo 100%!! e como vc já sabe sou um ouvinte muito fiel e orgulho do Hora Do Blush! Uma das coisas otimo (o que vcs tem muito!) e a alegria de vcs, essa energia positiva... vcs tem tantos coisas boa! e a gente pode sentir as sorrisas de vcs atras de "radio-waves" tudo muito natural e com informaçoes, historias e "anti-acidas" que lembra que nosso Rio de Janeiro e tudo o Brasil (alem das coisas mal) e cheio de beleza, natureza imbativel, praias lindas, montanhas, cachoeiras, mar e ceus infinitos e muito azul tb!! Eu olhar em tudo isso e pode sentir e respirar a alma e espirito boa dessa pais!
Tudo mundo já sabe sobre a violencia, corrupçao e tal... o que e pessimo mas quem quer ouve dessas coisas no Blush tb quando nos já pode ouve e ler tudo dia nas noticias, internet e jornais?! Quem quer ouve essas coisas negativa em Hora Do Blush?! - Sua programa que lembrar a gente o que ainda tem pessoas boa nessa pais tao maravilhosa!!
Eu ainda tem fé nossa pais... pode ser a violencia e a corrupçao nao vai parar nunca mas sendo "quase-Carioca" eu pode deitar no praia, nadar no mar, olhar no ceu tao azul e solarado, cercado dos montanhas, e sabe o que eu moro no Pais mais lindo e mais maravilhoso no mundo!! Pode parece um sonho onde eu esquece tudo mal, mas quem quer viver numa pesadelo quando nao preciso?!
E quando eu nao ficar no praia pode ouve sempre Hora Do Blush!!
Continuar assim Isabella! e lembrar o que sempre tem gente quem gosto viver reclamando quando eles pode ser vivendo mesmo! Que coisa triste!
Viva a positividade do Blush!!
Beijos amiga! (nossa eu escreveu muito!)

Marcia disse...

Oi Isabella,

Sou ouvinte assídua da Hora do Blush, volto pra casa todos os dias ouvindo o programa, inclusive eu me guio pelo programa(não tenho usado relógio com medo de assaltos), há algum tempo eu chegava em casa com a Cíntia, ouvindo suas dicas de saúde mas o trânsito tem estado ruim e ai vou chegando juntinho com o Wilker e ás vezes quando tá brabo, chego ouvindo as dicas de beleza da Sonia, quando escuto ainda na rua que vão falar os meninos do Comédia em Pé volto a precisar da Hora do Blush pois fico estressada, brincadeira... não chego a ficar estressada pois este programa atinge sim o seu objetivo de entreter, informar e relaxar os seus ouvintes.
Além disse acho a parceria Isabella & Luiza um "casamento perfeito" Obrigada Paradiso!!!
rs rs rs.
Beijos!!!

Marco disse...

Ora, minha querida Isa, a Bela, você não tem que se justificar para com o inconformado. Sim, os tempos andam difíceis, sim a política é uma bosta, sim a violência está inimaginável... Mas e o que ELE faz contra isso? Só fica indignado por alguém disse que o céu está azul? É muito pouco... Acho que ele poderia fazer bem mais. Todos nós podemos fazer bem mais, o que não invalida o fato de reconhecermos que um céu azul torna mais agradável o dia dessa Cidade que é Maravilhosa.
Noutro dia, eu fui entrevistado por uma produtora de vídeos institucionais. Eles me deram uma carona e o carro tinha rádio. Advinha em que estação eles sintonizaram? Em que programa? Tarááá! Eis que com muita alegria, ouvi a voz agradável da minha querida amiga e aquela tarde ficou mais bonita para mim. Parabéns pelo programa. Se eu não tivesse no trabalho na hora dele, eu o ouviria sempre.
Carpe Diem. Aproveite o dia e a vida.

Adriana Maia disse...

concordo com tudo. o assunto é sério. assino em baixo.
mas, vem cá, não é Rádio Paraíso?
beijo garota! e viva A Hora do Blush!

isabella saes disse...

Uau, Darren!!! Um post enorrrrme!!! Obrigada pelas suas palavras. Vc é o inglês mais carioca que conheço!!! Mais carica do que muitos por aí... Talk to you later, my friend!

Marcia! Muito obrigada pela companhia de sempre. É, o trânsito anda cada vez pior. Daqui a pouco vc vai pegar até a Voz do Brasil no carro!!! Mas aí coloca um Cdzinho e tá tudo certo!!! Obrigada pelo carinho e pela gentileza!!

Marco, querido! Que bom que vc conseguiu me ouvir!!! E é como vc disse: todos nós poderíamos fazer bem mais. Se tudo isso tivesse acontecendo aqui ao lado, na vizinha Argentina, já tava rolando um panelaço... Obrigada e um grande beijo!!

Hahaha, Dri! Vc é uma figura. Não, a rádio é Paradiso, mas vc se sente no Paraíso quando sintoniza 95,7 FM. Beijosssss.

Carlos Henrique - Petrópolis, RJ disse...

Alienado é aquele que se acorrenta ao caos despejado pela mídia a todo instante e esquece que existe um lado bom, com pessoas boas, decentes, positivas e dispostas a mostrar que nem tudo é desgraça. Pessoas como vocês, Isabela e Luiza, que procuram mostrar todos os dias, que vale o escorço de usar da esmagadora audiência de um programa de rádio, para passar mensagens de otimismo, gentileza e buscar junto aos seus ouvintes a união em torno de uma causa chamada PAZ.
Continue firme com o seu trabalho, pois do lado de cá, há ouvintes que necessitam das palavras inteligentes e animadoras das meninas que deixam as nossas tardes mais agradáveis, palavras essas que nos lembram que somos pessoas civilizadas e podemos ser felizes SIM.

isabella saes disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
isabella saes disse...

Oi, Carlos! Vc disse tudo e muito bem dito. Adoro a sua terra, passei parte da minha infância nos arredores de Petrópolis, mais precisamente Itaipava. Manda um beijo pro pessoal daí e, desde já, agradeço a audiência. Seja sempre muito bem-vindo ao "Blush" e ao "Mente Inquieta". Até!!!

maker disse...

Quero usar pijama onde todos vestem black tie. E agora?
Tem gente que vê o copo metade vazio, mas tem gente que vê metade cheio. Olha só esse garoto no video, se ele aceitasse sua cegueira, não jogaria video games, nem andaria de patins ou de bicicleta na rua, ele é cego desde os 3 anos de idade, bjs.

http://www.metacafe.com/watch/318066/blind_boy_that_sees_using_sounds_like_dolphins/

isabella saes disse...

Já conhecia esse cara! Incrível mesmo!! E o que seria dos que vêem a metade cheia se não fossem os que vêem a metade vazia, né?!

maker disse...

...faltam alguns minutos para as cinco da tarde, vou até a janela o céu está bem claro, um azul estonteante, ligo o radio, é hora das meninas SUPER-CALOROSAS!
Essas meninas salvam meus dias de segunda a sexta, do alto da torre emitem palavras de otimismo esbanjando energia positiva (que é capaz de cobrir o planeta !). Como já existe a mulher-maravilha que tal serem a "maravilha de mulher"? bjs, bom final de semana.

® ♫ The Brit ♪ ® disse...

Wow Muito obrigado Isabella!!
Vc e a primeiro pessoa quem falou isso de mim! tenho muito orgulho ouvindo isso, ainda mais de uma carioca muito inteligente como vc!
Valeu mesmo!!
Talk to you soon dear friend!

isabella saes disse...

Apelido aceito, Maker. Com toda a humildade!!!

Darren, mas é verdade: vc é o inglês mais carioca que tem por aí!!! Olha, ainda não acabei de ver os filmes. É que toda vez que vou colocar um novo, me dá vontade de assistir "Once" once more, understand? Aí, eu acabo vendo ele.... Mas, vou vendo e te falando!! Obrigada e até breve.

Selma disse...

Pelos pots mais recentes - tanto seu, qto da Luiza - percebo que a interatividade (invasiva) tem-lhes causado incômodo. Olha, não deixem não. Público tem essas reações assim mesmo. Mas são os msms q amam, elogiam,participam. Tal como a humanidade, há exemplares magníficos, outros, assustadores! mas são tds humanos. Cabe a gente, que se dirige diariamente a eles, q não deixemos nosso céu ficar menos azul por causa disso. Já nos bastam nossas próprias nuvens, cara comunicadora. Força no sorriso! bjks, ;)

isabella saes disse...

O incômodo é causado na hora sim, Selminha. Mas, depois passa. Já passou!!! O sorriso continua com a força de sempre, pode deixar. Obrigada e um beijo pra vc, querida.

® ♫ The Brit ♪ ® disse...

Oi Isabella!
Sim eu conhece muito bem esse viciado para assistir esse filme "Once" e muitos outras tb! (esse deve tem um novo nome : "Once More"!rsrs) incluido o que eu ja foi para cinema varios vezes so para assistir um filme quando gosto tanto!! nao pode evitar rsrs somente outras viciados em filmes como vc pode entender isso!
Beijos amiga!

isabella saes disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
isabella saes disse...

Vc tem razão, só viciados em cinema podem entender isso...

Marcela Alves disse...

Realmente, é difícil levarmos a vida sendo bombardeados todos os dias com notícias de ragédias em nossa cidade e no mundo. Mas isso não deve fazer com que percamos a alegria e o bom humor. Pelo contrário. Acho que agora é o momento em que devemos tentar contagiar o máximo de pessoas com bons pensamentos e amor ao próximo.

isabella saes disse...

Falou tudo, Marcela! Obrigada pela visita e seja sempre muito bem-vinda!!

vanda viveiros de castro disse...

bella, passei por aqui, depois de muito tempo sem tempo.
como autêntica sobrevivente de termpos em que era crime qualquer atitude que não fosse politizada, e só atos de protesto eram permitidos, me identifiquei bem com essa aqui... sei do valor de cada ouvinte, leitor ou espectador, e sei que devem ser livres para opinar, mas aqui entre nós, melhor mesmo dar mais ouvidos aos que cobram menos, alegria e otimismo nunca foram sinônimo de alienação! sempre em frente, beijos e boas férias!

isabella saes disse...

Querida Vanda, obrigada pela msg carinhosa. Um grande beijo pra vc tb e arranje mais tempo para visitar o blog dos amigos!! Beijos.